Tuesday, August 27, 2013

Early riser

Eu bem queria ter falado do meu fim-de-semana, da ida ao cinema ver A Gaiola Dourada, da ida a Cascais às festas do mar, e que conduzi pela primeira vez um BMW. Mas não há muito mais a dizer, fiz essas coisas e foi um óptimo fim-de-semana. 
O meu assunto hoje é outro. Ando há dois dias a acordar bem cedinho. Claro que os motivos por detrás dos meus horários tão madrugadores não são os mais motivadores: stress e muito. Acordo mais cedo que o despertador e mais ansiosa do que num dia de escola quando havia teste de matemática. Mas como estou determinada a não me deixar abater pelo stress, arranjo maneira de contorná-lo. Hoje fui fazer uma caminhada com uma colega antes de ir trabalhar. 
Ontem a história foi diferente, acordei às 6h da manhã sem nada de especial para fazer, mas mais acordada que nunca. Então resolvi sentar-me no escritório e organizar a minha vida. Verifiquei os planos que tinha delineado com a minha coach e percebi que ando a falhar em algumas das coisas que mais queria fazer. Então resolvi reajustar os objectivos, as datas, as ideias e ainda desenhei e pintei um pouco. A entrega à rotina desde o regresso das férias fez-me perder de vista os meus projectos e ideias, mas senti que recuperei algo com esta hora e pouco. Obriguei-me a ir em frente para recuperar o tempo perdido e vencer o meu medo da página em branco e do perfeccionismo. E foi bom, foi muito bom, mesmo que o dia depois tivesse sido frenético. Terminá-lo com uma aula de yoga melhorou a minha disposição. 
Agora sinto mais que nunca a vontade de finalmente me tornar numa morning person à séria. Seja para produzir, seja para me exercitar, para escrever. O dia começa ao meu ritmo e sinto-me muito mais motivada para o que vier a seguir. Espero conseguir manter este hábito. 
E vocês? Consideram-se morning persons? Também andam a tentar levantar-se cedo?

I sure could talk about the weekend, how I went to the movies to watch A Gaiola Dourada (a portuguese movie), how I went to festas do mar in Cascais, and how i drove a BMW for the first time but that's it. it was a lovely weekend doing all that stuff.
Today I bring a different subject. This week I've been getting up really early. Off course the reasons why I get up so early aren't the most exciting: stress, and lots of it. I wake up before the alarm clock and more anxious than in a school day with a math test. But since I am determined to never let me down because of stress, i adjust to it. Today I took a power walk with my colleague.
Yesterday it was a bit different, I woke up at 6 a.m. with nothing special to do and completely awake. So I decided to get up and organize myself. I checked my coaching plans and realized that I let some projects hanging by. So I reajusted my goals, the dates to reach them, my ideas and had time to draw and paint a little bit in my sketchbooks. Getting back to the post-vacations routine made me lost sight of my projects and ideas, but this short hour made me get them back. I pushed myself a little bit to catch the lost time and to face my blank page fear and it worked. It was good, really good, even if the day turned out to be frantic. And finishing it off with a yoga class really made my day.
Now i just feel that I'm able to become a real morning person. To produce something, to exercise, to write. The day begins at my own pace and I feel much more motivated for whatever comes next. I hope I can keep this habit.
And you? Do you consider yourselves morning persons? Are you also trying to get a new morning routine?

4 comments:

Vera said...

Eu parei de tentar... Este ano "rotina" é uma palavra fora do meu dicionário. Mudar de casa depois mudar de emprego depois mudar de estado civil!! É muito "mudar" junto. Agora começo finalmente a entrar nas rotinas diárias, a equilibrar as finanças e os projectos mas... não é fácil, ainda com tanto cheirinho a férias, com amigos emigrantes por cá e cheios de vontade de marcar jantares e fazer planos. Talvez em 2014 eu consiga começar a pôr tudo no lugar! :)

(Hoje, se tudo correr bem - já adiei umas 3 vezes! - vou ver a Gaiola Dourada)

Joel Carvalho said...

Pedimos desculpa mas é apenas para divulgar. Um casal, a crise, poupanças e histórias de quem vive a crise como muitos outros, mas onde a poupança é o melhor remédio. Pode passar a mensagem…? Obrigado!

http://ocarteiravazia.blogspot.com/

Analog Girl said...

Pois Vera, com as mudanças todas dos últimos tempos acho que é mesmo impossível impor uma rotina. E sim, no Verão sabe tão bem agitar as obrigações do dia-a-dia e ir beber um copo com os amigos ou arejar para qualquer sítio longe de casa... :)
Eu também estou ainda com muitos maus hábitos, deito-me tarde. levanto-me cedo... não imagino que isto se prolongue muito mais mas ando pelo menos a tentar aproveitar para arranjar novos ritmos, pode ser que pegue... :P

Enjoy the Ride said...

é engraçado como, estando muito longe de ser uma "morning person", sinto que trabalho muito melhor de manhã, que o tempo passa mais rápido. e no verão, curiosamente, o relógio biológico muda e pede à mente para tirar o esqueleto da cama mais cedo. :)
boa sorte para retomar o ritmo, é uma questão de mentalização.