terça-feira, 27 de agosto de 2013

Early riser

Eu bem queria ter falado do meu fim-de-semana, da ida ao cinema ver A Gaiola Dourada, da ida a Cascais às festas do mar, e que conduzi pela primeira vez um BMW. Mas não há muito mais a dizer, fiz essas coisas e foi um óptimo fim-de-semana. 
O meu assunto hoje é outro. Ando há dois dias a acordar bem cedinho. Claro que os motivos por detrás dos meus horários tão madrugadores não são os mais motivadores: stress e muito. Acordo mais cedo que o despertador e mais ansiosa do que num dia de escola quando havia teste de matemática. Mas como estou determinada a não me deixar abater pelo stress, arranjo maneira de contorná-lo. Hoje fui fazer uma caminhada com uma colega antes de ir trabalhar. 
Ontem a história foi diferente, acordei às 6h da manhã sem nada de especial para fazer, mas mais acordada que nunca. Então resolvi sentar-me no escritório e organizar a minha vida. Verifiquei os planos que tinha delineado com a minha coach e percebi que ando a falhar em algumas das coisas que mais queria fazer. Então resolvi reajustar os objectivos, as datas, as ideias e ainda desenhei e pintei um pouco. A entrega à rotina desde o regresso das férias fez-me perder de vista os meus projectos e ideias, mas senti que recuperei algo com esta hora e pouco. Obriguei-me a ir em frente para recuperar o tempo perdido e vencer o meu medo da página em branco e do perfeccionismo. E foi bom, foi muito bom, mesmo que o dia depois tivesse sido frenético. Terminá-lo com uma aula de yoga melhorou a minha disposição. 
Agora sinto mais que nunca a vontade de finalmente me tornar numa morning person à séria. Seja para produzir, seja para me exercitar, para escrever. O dia começa ao meu ritmo e sinto-me muito mais motivada para o que vier a seguir. Espero conseguir manter este hábito. 
E vocês? Consideram-se morning persons? Também andam a tentar levantar-se cedo?

4 comentários:

Vera disse...

Eu parei de tentar... Este ano "rotina" é uma palavra fora do meu dicionário. Mudar de casa depois mudar de emprego depois mudar de estado civil!! É muito "mudar" junto. Agora começo finalmente a entrar nas rotinas diárias, a equilibrar as finanças e os projectos mas... não é fácil, ainda com tanto cheirinho a férias, com amigos emigrantes por cá e cheios de vontade de marcar jantares e fazer planos. Talvez em 2014 eu consiga começar a pôr tudo no lugar! :)

(Hoje, se tudo correr bem - já adiei umas 3 vezes! - vou ver a Gaiola Dourada)

Unknown disse...

Pedimos desculpa mas é apenas para divulgar. Um casal, a crise, poupanças e histórias de quem vive a crise como muitos outros, mas onde a poupança é o melhor remédio. Pode passar a mensagem…? Obrigado!

http://ocarteiravazia.blogspot.com/

Analog Girl disse...

Pois Vera, com as mudanças todas dos últimos tempos acho que é mesmo impossível impor uma rotina. E sim, no Verão sabe tão bem agitar as obrigações do dia-a-dia e ir beber um copo com os amigos ou arejar para qualquer sítio longe de casa... :)
Eu também estou ainda com muitos maus hábitos, deito-me tarde. levanto-me cedo... não imagino que isto se prolongue muito mais mas ando pelo menos a tentar aproveitar para arranjar novos ritmos, pode ser que pegue... :P

Enjoy the Ride disse...

é engraçado como, estando muito longe de ser uma "morning person", sinto que trabalho muito melhor de manhã, que o tempo passa mais rápido. e no verão, curiosamente, o relógio biológico muda e pede à mente para tirar o esqueleto da cama mais cedo. :)
boa sorte para retomar o ritmo, é uma questão de mentalização.