Saturday, September 28, 2013

Pause

Os dias andam a ser cheios demais. Demasiado trabalho, demasiadas preocupações, muito pouco espaço para dormir, relaxar e divertir-me. Muito pouco tempo para parar e abraçar o que de bom tenho na vida. Ando a pensar demais a analisar demais e a stressar demais. Preciso de uma pausa. Na próxima semana estarei de férias e este blog está ficará também em stand-by até o meu regresso. Vou refugiar-me no interior do país e visitar alguns dos meus melhores amigos. Espero voltar com fotos e recordações boas e com muitas saudades da minha vidinha stressante e cheia. Até breve!

My days are just too full. Too much work, too much concerns, little space for me to sleep, relax and have fun (all work and no play...). Less time to stop and embrace my blessings. I'm overthinking and stressing too much. I need a break. Nest week I'll be on vacation and this blog is going to pause until my return. I'll flee to the interior of the country and visit some great friends. I hope to come back with photos and good memories and missing my stressful life. See you soon!

Friday, September 20, 2013

Illustration love: Marloes de Vries

Apesar de alguns desenhos já me serem familiares, só agora é que descobri como deve ser o trabalho da Marloes de Vries (podem saber mais sobre ela aqui), uma ilustradora holandesa cheia de talento e de sentido de humor. Adoro os cartoons de episódios da vida dela, acho que ela me deve ler a mente ou assim, porque há coisas que são tal e qual! Espero que gostem!

Although some of her drawings look familiar, I just found out Marloes de Vries work (read more about her here), an ilustrator from Netherlands full of talent and good humor. I love her cartoons with episodes of her life, and I feel like she reads my mind because there are so many similarities! Hope you like it!




(that's totally me!)






E graças ao trabalho dela tive uma ideia para um pequeno projecto que hei-de desenvolver em breve. Eu depois dou notícias! 

And thanks to her work, I got inspired to develop a new project soon. I'll keep you posted!

Thursday, September 19, 2013

E é hoje o dia... // Today is the day...


Em que decidi (mais uma vez) mandar a timidez à fava e divulgar finalmente o meu board do Pinterest com imagens minhas e posts do meu blog. Andava há meses com ele escondido, na dúvida se faria sentido divulgá-lo. E acho que não é nada de mais, eu simplesmente sou demasiado conscienciosa dos passos a dar e... enfim, se interessar a alguém, façam favor de o espreitar aqui, se não, vocês ignoram-no e ficamos amigos na mesma! ;)

I decided to (once again) ignore my shyness and finally reveal my pinterest board with my pictures and posts from this blog. I've been hiding it for months, thinking whether or not to show it. And it's not a big deal, I'm just too self-conscious about each step I make... well, if you like it, you can check it out here, if not, let's move on and we can still be friends! ;)

Wednesday, September 18, 2013

Aguarelando // Watercoloring

Apesar de não pintar e desenhar com a frequência que desejaria, recentemente ganhei o hábito de ter sempre as aguarelas a postos, um copo com água, e os pincéis à mão na minha secretária. Ando a rodear-me de cada vez mais informação e inspiração e de vez em quando dou comigo ainda meio vestida para um dia de trabalho a pintar qualquer coisa nas páginas dos meus diários gráficos. Há uns dias apanhei esta imagem no pinterest (obviamente) e apeteceu-me experimentar criar uma floresta com o rasto das gotas de cor no papel. Não preciso de muitas desculpas para desenhar árvores. E gostei muito dos resultados finais. 

Although I don't paint and draw as often as I wish, i recently got the habit of keeping the watercolor case, a glass of water and the brushes always near me in my desk, and now and then, I find myself in the middle of dressing up for work, painting something on my sketchbooks before I lose it. Some days ago I've seen this illustration on Pinterest (where else?) and I felt like trying with the trace of watercolor drops on paper. I don't need excuses to draw me some trees. And I liked how it turned out.

 
Aqui a intenção era criar uma paisagem mais outonal, mas confesso que comecei a perder um bocado o controle das quantidades de água e da cor, e tornou-se nesta imagem perturbadora, bem representativa da realidade que se viveu pelo país no verão todo. A parte boa é que mesmo tendo sido desviada da minha intenção original, a aguarela permite sempre criar uma saída airosa e não parece mal de todo, acho eu...

The intention here was to paint an autumn landscape, but I confess i lost a  little bit of control with the excess water and the colours, and became this upsetting image, translating the sad reality we live each summer across the country. The good thing is that being diverted from my original idea, watercolor always allows me to create something new and not-that-bad, thing...

Esta já correu bastante melhor (curiosamente, esta foi a primeira experiência), gosto do efeito das cores, dá-lhe um aspecto de floresta mística. Ando a ganhar bastante gosto por estas tonalidades com toques acinzentados.

This one turned out much better (funny thing is, it was the first one I've tried), and I like the colour effect, seems like an enchanted forest. I'm finding these greyish tones very beautiful.

Monday, September 16, 2013

Cores // Colours


Uma rápida experiência e a coisa confirma-se... é viciante! :)

A quick experience and it checks out... It's addictive! :)

Friday, September 13, 2013

Paletas de cor // Colour palettes

Já vejo este tipo de imagens em blogs e no pinterest há algum tempo, mas agora ando a olhar para isto de outra forma. A semana passada, a April colocou um vídeo a explicar como se faz estas paletas (nada de novo, já domino estes programas gráficos), e fiquei com a vontade de começar a experimentar esta brincadeira. Já antes me babava com as (bem mais elaboradas) conjugações de cores e fotos criadas pela Ana Jordão, sempre sem me querer aventurar por achar sempre bastante complexo, mas a necessidade de encontrar combinações de cores para novos trabalhos de design e afins anda a espevitar o interesse de fazer algo novo. Para começar, e como aconselha a April, nada como fazê-lo com as nossas próprias fotos, isto se as queremos mostrar. Já tenho algumas alinhadas para começar, resta-me o tempo e vontade para estar no computador.
Abaixo seguem mais alguns exemplos que pesquei por aí. Acho que isto tem todo o potencial para se tornar um vício.

I've been seeing images like this for a while in blogs and Pinterest, but now I face it in a whole new way. Last week, April added a new video explaining how to make some of these palettes (there's no news here, I know the graphic softwares), and i wanted to try out for myself. I enjoyed very much the (pretty elaborate) photo and colour palettes made by Ana Jordão, without wanting to try, I felt it was too complex, but the search for new colour schemes for my graphic works is making me want to try something new. To start, and as April advises us, we should use our photos, if we want to publish it. I have made some choices of my favourites to start, now all I need is the pacience and time to spend in front of the computer.
Bellow there are some examples I gathered. I think this has the potential to become addicting.
 

 
(via indulgy)


(via design-seeds)




Tuesday, September 10, 2013

Bittersweet

Hoje, pela primeira vez em muito tempo, dei comigo sozinha na hora de almoço, e ainda com uns largos minutos pela frente, decidi voltar ao meu lugar. Acho que já lá não ia há cerca de 1 ano.
Atravessei calmamente a rua, desci as escadas entre os prédios, contornei os canteiros maltratados (e com mais cocó de cão do que me recordava) e entrei no espaço amplo com vista para o mar. Estava muito sol e o espaço estava quase vazio e muito sossegado. Sentei-me no banco do costume, aquele que apanhava sombra, aquele onde tantas vezes me sentei com uma massa fresca comprada no supermercado ou uma salada trazida de casa, com um livro, uma revista ou caderno, um chocolate e muita melancolia. Foi ali que me encontrei comigo mesma enquanto me adaptava ao meu emprego. Estava muitas vezes sozinha, não sentia afinidade com ninguém, o ritmo e ambiente eram novos e diferentes do que conhecia. Foi ali que me recompus e ganhei força para o dia-a-dia. Não foi fácil, mas consegui. Hoje já não sinto a necessidade desta escapatória, pelo menos não como antes, já estou inserida num pequeno grupo de pessoas com quem tenho uma óptima relação, a minha equipa cresceu e felizmente gosto muito do tempo que passo com os melhores colegas que poderia ter. E assim se passaram dois anos e qualquer coisa.
Mas hoje, ao regressar lá, voltei aqueles momentos que ali passei, quando o meu amigo B. me mostrou aquele espaço pela primeira vez, quando a Nicole foi lá ter comigo para almoçarmos à sombra da árvore num dia em que o céu estava carregado, da molha que apanhámos e de como ela me confessou que tinha uma ideia para por em prática, ideia essa que hoje já expandiu e ganhou muitos adeptos (e que desejo que continue a ser um sucesso), daqueles dias em que comprava a Casa Cláudia Ideias e revistas de decoração e perdia-me em outros espaços e outras vidas. E sonhava, sonhava muito. Aqueles momentos eram ouro. E foram necessários, porque me impulsionaram a perseguir os sonhos, permitiram-me a paz de espírito para identificar o que precisava. Sinto a falta desse bocadinho de tempo só meu. Agora tenho o yoga e adoro, mas uma aula com outras pessoas não é o mesmo do que dedicar uma hora inteira a mim e aos meus pensamentos. E tenho saudades de me disponibilizar para mim, deixar o tempo desenrolar devagar e simplesmente estar.

Today, for the first time in a long time, I realized I was alone with time to spend during my lunch break, so I decided to return to my special place. I think I didn't went there for over a year.
I calmly crossed the street, went downstairs next to the buildings, contoured the mistreated flower beds (with more dog poo than I recalled) and entered the wide space with an ocean view. It was sunny and it was almost empty and oh so quiet. I sat on the usual bench, the one under a tree, where I sat so may times with a fresh pasta bought from the supermarket or a homemade salad, with a book, a magazine or a notebook, a chocolate and my melancholic self. There was the place where I found myself, while trying to adapt to my job. I was alone all the time, didn't feel connected to anyone, and the rhythm and environment were very different from what I knew. That was the place where I recovered my strength for the daily routine. It wasn't easy but I made it. Today I don't feel the need to escape as I did before, I have a small group of great people with whom I have a good relation, my team has grown and luckily I enjoy the time I spend with the best coworkers I could have. And with all this 2 years have passed.
But today, as I returned there, remembering the moments I spent there, when my friend B. showed me that place for the first time, when Nicole met me there for lunch under the tree in an ugly day, we ended up all wet with the rain we caught, and it was where she told me about this idea she had, the idea that has grown and has so many fans nowadays (and I wish it to be much more successful), the days I bought crafts and interior design magazines and would loose myself in other spaces and lives. And I dreamed a lot. Those moments were gold. And necessary, because they made me want to chase dreams, they allowed me to have the peace of mind to identify what I needed. I miss that little me time. Now I have yoga and love it, but a classroom full of people isn't the same thing. And I miss that, just be, and let time run slow.

História Interminável // Neverending Story

Quando era criança, o filme tornou-se quase uma obcessão. Identificava-me com a personagem principal,  Bastian, o miúdo que rouba um estranho livro de um antipático livreiro e apercebe-se ao lê-lo de que o livro não é igual aos outros. Quando era criança, sonhava poder saltar para dentro de um livro como Bastian fez. Adorava cada pormenor, cada personagem, cada aventura. O livro é maravilhoso. Estou fascinada com a capacidade inventiva de Michael Ende, que criou este mundo, e que nos faz acreditar que também nós o podemos reinventar e criar à nossa imagem e vontade. O filme está muito fiel à primeira parte do livro, quando Bastian ainda está fechado no sótão da escola, mas a segunda parte levou-me a terrenos nunca antes explorados, mesmo tendo visto a sequela do filme, e saber que se baseou na continuidade do livro, surpreendeu-me, e por mim passaria feliz mais alguns dias a viajar por Fantasia.
Li algumas críticas no goodreads de quem se desapontou com o final, e esperava que o autor escrevesse uma segunda obra com as próximas aventuras. Para mim, ficou perfeito. Um bom final em aberto às vezes é melhor que apresentar as soluções todas, dá mais espaço à imaginação. Aí reside a genialidade desta obra. 
Se Michael Ende tivesse tino comercial talvez tivesse escrito as histórias dos personagens que foi abandonando ao longo do livro. Mas este livro não é apenas sobre um rapaz que rouba um livro, é sobre levar-nos a um mundo de fantasia. A intenção nunca é fornecer as respostas todas. 
Este livro levou-me realmente a sonhar, a fantasiar, a imaginar novos cenários e novos mundos. Eu também eu fiz parte da História Interminável.

As a child, the movie was almost an obsession. I related to the main character, Bastian, the boy who steals a strange book from an annoying bookseller and realizes as he reads it, that this book is not like any other. As a child, I'de love to jump inside of a book as Bastian did. I loved every detail, every character, every adventure. The book is wonderful. I'm amazed by Michael Ende's creative capacity, creating this world, and making us believe that we also can reinvent and create it as we see it and want it. The movie stands really faithful to the book's first part, when Bastian is locked in the school attic, but the second part even as a recognized some ideas that were later used on the movie sequel,was a surprise, and would happily wonder around Fantasia a few more days.
I read some goodreads reviews, of people disappointed with the end of the book, hoping that the author would write more about new adventures. For me, it was perfect. A good open ending sometimes it's the best thing, leave something for the imagination, instead of presenting all the solutions. This is genious.
If Michael Ende had the commercial skills, maybe he'd written all the stories of the character he leaves unattended throughout the book. But this book isn't a story about  a boy who steals a book, it's about leading us to a fantasy world. The intention is never to provide the whole answers.
This book made me dream and create new scenarios and new worlds. I too, was part of neverending story.

Thursday, September 5, 2013

E entretanto... // In the meantime...

Descobri que já ultrapassei as 20.000 visitas! Que coisa boa para se ver às 7 e qualquer coisa da matina! Obrigada a todos! :)

I found out that I have more than 20.000 views! That's such a good thing to notice at 7 something a.m.! Thank you so much! :)

4h30 a.m.

Há dias tão emotivos que nos suprimem as palavras, que nos toldam a capacidade de escrever, falar, ou pensar. Ontem ao deitar-me cedo não consegui senão sentir-me grata pelo que tenho na minha vida. Ontem lembrava-me da mesma data há 11 anos, em que me deitei feliz como não me lembrava de estar. Sabia que algo de bom tinha acontecido, e, 11 anos depois, continuamos cúmplices e unidos, na expectativa do que aí vem, a fazer face às tempestades e a sorrir juntos quando está sol. O amor não é fácil, mas enquanto nos tivermos um ao outro está tudo bem. 
Hoje acordei às 4h30 da manhã, não me lembro de alguma vez ter acordado tão cedo para seja o que for. Mas chegou aquele dia, esperado e temido, em que iria entregar a minha irmã à sua nova aventura. Quando saí de casa, no escuro, era a silhueta dela que se recortava no contraste da luz dos candeeiros da rua, e senti o peso da realidade, estava mesmo a acontecer. E calmamente chegámos ao aeroporto, fomos acompanhá-la no check-in, e no meio das despedidas emotivas, dos amigos que apareceram de surpresa, das despedidas apressadas junto à zona de embarque, as lágrimas não correram como esperava. Em vez disso sorri muito, e ela também, e estamos aliviados e felizes de ver a nossa menina a crescer e a ir estudar para fora e tudo. Agora podemos acalmar, deixar que a vida corra o seu curso e lá voltamos às rotinas do skype e facebook para matar saudades.
Hoje abri o escritório e estou ainda a aproveitar estes momentos a sós para tentar por ordem no caos que é a minha cabeça ensonada. Estou tranquila e feliz, e é tão bom.

Sometimes there are such emotional days that we don't find use for the words, we can't write, talk, or think. Yesterday, as I went to bed early I couldn't help but feel so grateful for my life and everything in it.
Yesterday, the same day 11 years ago, I went to bed so happy I couldn't remember when I felt the same way before. I knew then, as I know now, that something good had happened, and 11 years passed, we're still so close together, looking for the future, fighting the tempests and smilling with the sun. Love isn't easy, but as long as we have each other we're good.
Today I woke up at 4h30 a.m., I don't remember ever having to wake up this early before. But the day had arrived, the dreaded and long awaited day, when i was going to send my sister to her new adventure. When I left home in the darkness, I saw her in the street lamp light, and felt the wheight of reality, this was really happening. And we quietly went to the airport, followed her on the check-in, and in the middle of all the emotional goodbyes, the surprise visit from her friends, the hurried hugs near de boarding zone, I didn't cry as I expected. Instead I smiled, she smiled, and we are so happy and relieved that our little girl is all grown-up and studying abroad and all. Now we can calm down a little bit, let life follow it's way and have new skype and facebook routines so we can talk to her.
Today I opened up the office and I'm still enjoying the blissful moments alone to order my chaotic and sleepy brain. I'm calm and happy, and it's so good.

Tuesday, September 3, 2013

Back on track


Como podem imaginar, a vontade de acordar cedo ficou-se pelos tais dois dias na semana passada. Com mil e uma coisas na cabeça, dei por mim a desejar todos os minutinhos extra que conseguia arrancar à cama. 
Ontem, depois de enfrentar a segunda-feira a cair de sono, fiz os possíveis para terminar uma tarefa importante e ainda ser dona-de-casa e cozinhar e passar a ferro. E consegui!  Deitei-me cedo e hoje acordei com mais energia e motivação. Esta coisa de arrumar alguns assuntos pendurados deixa logo uma pessoa mais animada. Fui correr de manhã cedinho (e fui ao ginásio à hora de almoço), preparei as refeições para hoje, e vim trabalhar com outro ânimo.
Estou cheia de vontade de estabelecer boas rotinas, especialmente agora que percebi que tenho de deixar de adiar a tarefa titânica de perder peso, e mais que nunca sinto a necessidade de voltar a praticar exercício físico. A adicionar a isto tudo tenho toda uma série de planos para me organizar financeiramente (o verão desgraça a carteira de uma pessoa) e claro, entrar definitivamente nos meus projectos pessoais com que sonho acordada. E começar uma coisinha destas, claro! 
Não sei se é de Setembro, mas estou cheia de pica para começar. Para já, estabeleci algumas regras para a dieta, para o exercício físico (marcadinho na agenda) e para a organização em casa. Também vou aumentar a carga horária do yoga, por isso conto que este seja um mês activo mas sereno, com tempo para tudo. Vamos ver no que dá. Também têm resoluções para a rentrée? Quais?

As you can tell, the will to get up early just lasted 2 days last week. With dozens of things on my mind, I whished for every restful minute in my bed. 
Yesterday, after facing a sleepy monday, I did my best to end an important task, and was still able to be a housewife and wanted to cook and iron. And I did it! I went to bed early, and woke up today with a bit more energy and motivation. This finishing-things deal always puts me in a good mood. I went for a run this morning (hand went to the gym during lunch break), I prepared all my meals for today, and went to work more animated.
I'm willing so much to estabelish good routines, specially now that I decided to stop delaying the titanic goal to loose weight, and more than ever I feel I nedd to exercize more. Adding to this I want to have a better control of my personal finances (summer ruins me) and, of course, finally dedicate myself to the personal projects I'm dreaming about. And begin doing this one, of course!
I don't know if it is because of September, but I can't wait to start. By now, I already have some ground rules for my diet, for my exercise routine (scheduled on my daily planner) and for some home improvement. I'm also going to have extra yoga classes, so I believe ths will be an active but quiet month, with time for everything. Let's see if it works. Do you also make resolutions for the rentrée? Which ones?

Sunday, September 1, 2013

Bem-vindo, Setembro // Welcome September

(via aperfectkindofday.com)

Interrompo o silêncio para celebrar o mês de Setembro. Adoro este mês. E sei que é cliché, mas este é mesmo o mês de recomeços e mudanças. Este começa já com duas, de grande peso: o nascimento da minha "sobrinha, a C. (apesar de ter nascido no finzinho de Agosto, a novidade e a alegria tonta vão permanecer por muito tempo), e a ida da minha irmã para França estudar. Já é a segunda vez que ela arrisca em ir para fora e uma pessoa já se devia habituar, mas fico sempre com uma saudade parva. Ela é uma miúda incrível, com muito talento e força de vontade, com um coração enorme e o sorriso mais carinhoso que conheço. Somos muito unidas e vai-me custar não a ter à mão para poder ir às compras, fofocar, dar na cabeça do nosso pai, ou chorar as mágoas. Ela faz-me falta e é uma das pessoas mais importantes do mundo. Mas este sacrifício de saudade e melancolia vai valer a pena. Aposto que ela tem um futuro brilhante pela frente. 
Com isto tudo, o blog tem estado em segundo plano. Entre as várias festas de despedida que se organizaram com toda a família e em que tentamos aproveitar cada minuto, andei também a trabalhar como uma louca (e não há sinais de abrandamento, já tenho medo da próxima semana) e a organizar o meu tempo para poder chegar a todos os cantinhos (conhecer a sobrinha, ir a festas de anos, fazer um workshop pelo meio). Este espaço está a ganhar pó, mas prometo que será breve. Na próxima semana esta roda-viva acalma e poderei abraçar o mês de Setembro com toda a atenção e serenidade para trazer as novidades que ando a planear e mais conversa que é o que se quer. Estarei de volta em breve. Até lá, aqui fica uma imagem que encontrei hoje no Pinterest e (para não variar) me encheu de inspiração (tectos altos e muita luz, como eu gosto). Bom domingo e boa semana a todos.

I interrupt my silence to celebrate September. I love this month. And I know it's a cliché, but this is really the month for new beginnings and changes. And I already have 2 great ones: my "niece's" birth (although she was born on late August, the novelty and silly joy will last for a really long time), and my sister is going to France to study. It's the second time she's going abroad to study, and one should be used to the idea, but I'll always miss her deeply. She is this amazing young woman with talent and strong will, with a huge heart and the most heart-warming smile. We're really close and it will be hard not to be a simple phone-call away to go shopping, gossip, to complain about our father or to have a shoulder to cry on. Se's a big part of me and one of the most important people in the world for me. But this sacrifice of longing and melancholy will be worth it. I bet she's got a brilliant future ahead.
With this, the blog has been playing a secondary part. Between all the farewell parties with family and friends trying to cease every minute, I've been working like crazy (and still there's no sign of slowing down, I'm already dreading next week) and organizing my time to reach every single event (meeting the "niece", having a birthday party, doing a small workshop...). This blog is gathering dust, but I promise it will be brief. Next week all this crazy rythm slows down  and then I will face September with serenity and attention to bring all the news I'm working on and write more often. I'll be back soon. Until then, here is a lovely picture I found on Pinterest today and filled me with inspiration (high ceilings and lots of light, as I like). Have a nice sunday and a great week.