Thursday, January 31, 2013

Desejos de fim-de-semana

(desenho de Brittney Lee, amo o trabalho dela)
Agora que sou uma adulta (acho), uma das minhas fantasias de fim-de-semana passa muito por comprar os jornais e revistas e ir tomar o pequeno-almoço num sítio, tranquilo num sábado de manhã, num daqueles momentos de cumplicidade, silêncio e calma antes de dar andamento às tarefas dos dias, que tantas vezes prometem ser calmos mas depois sabemos que há coisas a fazer, sítios onde ir, pessoas a visitar... E agora a revisitar o blog da Brittney Lee, esta imagem remeteu-me para essa pequena fantasia e apeteceu-me estar ali. Não é um ambiente fantástico?

Wednesday, January 30, 2013

Pinterest Love

Eu sou uma mulher mais feliz com o Pinterest. Todos os dias (em que lá consigo ir) descubro coisas que adoro, ideias de decoração que adoraria replicar na minha casa, posters, frases inspiradoras, ilustradores e artistas, fotos e simplesmente coisas belas para ver e me transportar para outras realidades (como eu adoro fazer isto). Ontem decidi-me a explorar o Pinterest da Ana e do seu blog Milk, e descobri todo um novo mundo que praticamente desconhecia: a arte de criar diários (journals). Encontrei de tudo, diários gráficos de artistas, diários de viagens, diários, simplesmente, e mil e uma ideias giras para colocar em prática. Eu ainda hoje gosto de escrever no meu diário, e sou boooring até à quinta casa, para já porque é no diário que despejo o meu lixo emocional, depois porque apesar de ter um caderno de páginas lisas raramente escrevo "fora das linhas". Acho que um diário, com apontamentos mais originais ali pelo meio, sejam desenhos, colagens de fotos, de flores que apanhamos num passeio, ou simplesmente escrever "em caracol" numa página, pode ser um excelente meio de expandir a criatividade. E ontem, pela primeira vez desde que tomei contacto com os diários da Anna Denise (que escreve autênticas bandas desenhadas do seu dia-a-dia), voltou a nascer a vontade de fazer algo do género.
Ora vejam

(sketchbooks da Joojoo)

(Caderno de Élisabeth Couloigner em Livres de matiers)





 (Do fantástico Oliver Jeffers)


(Fonte: Pikaland)

(cadernos de Wit and Whistle, apetece ter todos, ou criar os nossos)

Não dá vontade de começar já um destes? Ando muito tentada em fazer algo deste género (ideia genial, miúda), era capaz de ser um bom começo... 
E vocês ficaram inspirados?

Sunday, January 27, 2013

Mudanças

Este blog está a passar por uma mudança. No geral sinto-o sempre parado. Não escrevo muito, não evolui muito, ou pelo menos de forma consistente. Esta semana consegui conquistar mais um seguidor (yey!), e isto faz-me pensar que dá um gozo enorme sentir que o blogue cresce e me leva a algum lado, um sítio diferente de onde comecei. Este blogue é uma viagem e tem tocado em alguns pontos fulcrais do meu esforço criativo. Há que continuar. Ando ainda a pensar no aspecto visual, e já ando a testar a estrutura, mas quero apostar num bom design, e a nível de conteúdos também tem de evoluir e ganhar algum sumo extra. Vamos ver até onde a força de vontade e a imaginação me levam.

Valentine's Fun


Falou-se muito do dia dos namorados pelo gmail na passada sexta, e o meu desenho do dia foi inspirado nessa conversa (mais pormenores em breve). Não consigo deixar de fazer mil pormenores no meu desenho, mil riscos e rabiscos. Acho que nunca terei um estilo limpinho e polido, já o usei algumas vezes (por exemplo, há uns anos atrás num trabalho para a faculdade, que me valeu uma boa nota e rasgados elogios da professora de desenho - um dia mostro), mas que nunca senti que fosse realmente algo de que me orgulhasse muito ou que sentisse que me representava. No geral faço sempre esta sujidade toda quando desenho, mas faz-me sentir que é o meu estilo, a minha maneira de criar, sempre com um toque incompleto, riscado. Às vezes exagerado e pode estragar o desenho. Mas gosto deles assim, ou vou aprendendo a gostar (há ilustradores e artistas que adorava aproximar o meu estilo, mas isso nem sempre é possível, e por muito que possa copiar para aprender técnicas e novos estilos, o meu objectivo é ter algo meu). Este surgiu o mais naturalmente possível e o resultado foi este, um coração com espinhos, e uma óbvia influência do "pincushion heart" do conto/poema do Tim Burton "Pincushion Queen".

Wednesday, January 23, 2013

Mudar de vida

Ando há muito tempo a querer mudar de vida. Sair do convencional, procurar o meu caminho, os meus objectivos. Até pode passar por ter um emprego convencional numa área que não é a minha (às vezes gostava de ter uma experiência dessas... quem sabe) e conjugar as minhas actividades extra, ou por conseguir criar o meu próprio emprego, deixando ou não o design completamente de parte. Ainda não sei. Sei é que quero começar a movimentar-me nesse sentido. Hoje li um post da Alisa Burke particularmente tocante sobre este assunto. Quero partilhá-lo, pois acredito que seja um bom motivador a todas as almas criativas que querem mudar. Algo pequeno que seja. Enjoy!

Sunday, January 20, 2013

E coisas novas?

Esta sexta a minha irmã fez anos mas quem (também) recebeu prendas fui eu. Chegou a encomenda que fiz no início da semana na ProvocaArte, uma artist pen da Faber-Castell, cuja tinta pode ser diluída como se fosse aguarela, canetas da Posca (vista neste post do blog da Ana, e eu não posso ver nada que também quero - mesmo que o meu traço esteja a milhas do dela), um pincel com reservatório de água e um marcador branco para umas experiências destas. Ainda não testei os brinquedos todos, mas estou em ânsias de um tempinho entre papéis e tintas.
Falando em papel, os livros "uma palavra por dia" e "um desenho por dia" seguem o seu rumo. Dou por mim a desenhar complementos das palavras e a desenhar mais do que a exigência do próprio dia. Está a ser um excelente exercício de imaginação e síntese, e sinto que há alguns dias que vão ser sempre recordados. É uma sensação bestial. Ficam aí em cima uns exemplos dos meus dias, ainda está tudo muito cru, mas acredito que aos poucos vou arranjando tempo para os ir aperfeiçoando (há dias em que faço apenas rápidos esboços antes de ir para a cama).
E ando finalmente a reservar algum tempo para me organizar e tornar este ano um ano mais produtivo e orientado para os meus objectivos. Estou a preencher o meu workbook da Susannah Conway e não resisti aos belíssimos PDFs do Life is messy Bootcamp da Mayi.  As pinturas da semana passada compensaram e tenho o meu quarto mais composto e mais completo (depois mostro, ainda não tenho fotos). Por isso, aqui continua-se a sonhar, imaginar e procurar coisas novas para fazer. Life is good.
Boa semana pessoal!

Rainy days are the best


E há sítios onde nos sentimos incrivelmente confortáveis como se estivéssemos em casa. Isso, um bom cozido e companhia da boa tornaram esta tarde inesquecível.

Sunday, January 13, 2013

Tenha medo...*





Fotos mázinhas tiradas com o Iphone de uma das minhas actividades do fim-de-semana. Há um mês que tinha a moldura desfeita e pronta a pintar, a secretária forrada com jornal ainda mais velho e vontade a zeros. Ontem deu-me para aí. Estava sozinha em casa e sem nada para fazer, peguei na tinta "verde fava", no pincel e no diluente e lá me dediquei à tarefa que tardava em completar e soube tão bem! Hoje dei a segunda camada e sinto-me tão satisfeita por ter cumprido com a tarefa que nem vos conto (se bem que penso se a moldura não teria ficado gira só "meio pintada"). A moldura vai para a cabeceira da cama (estamos a construir uma cabeceira muito "orgânica" com fotos nossas entre outras coisas que nos identifiquem. O nosso quarto está nestes tons de verde claro, com lilás e cinzento, mas acredito que em breve vai cobrir-se de várias cores... É cá um palpite que eu tenho, visto que também anda na calha eu fazer uma almofada amarela. Em breve mostro tudo, com fotos mais decentes, mas não resisti em partilhar. A minha casa é pequena e incompleta, mas tem tanto de nós e tanto que se vai acrescentando a cada dia que dá cada vez mais gozo. E provavelmente vai acabar num sítio muito diferente de onde começou, mas acho que isso é que prova que há vida debaixo deste tecto.

*Vejam se descobrem por aí onde anda o "medo"

Thursday, January 10, 2013

Obcecada, eu?

(imagem daqui)

Ando um bocadinho apanhada com tudo o que é home offices que vejo por aí (quererá isto dizer alguma coisa?). Hoje numa rápida busca pelo Pinterest os meus olhos bateram neste. Adorava ter uma divisão suficientemente grande para podermos ter espaços distintos cá em casa, eu sou voltada para as artes e ele para a música, e toda a parafernália que isto implica de cada lado (eu papéis e lápis e pincéis, ele bateria digital, as guitarras, o material de gravação...), e nem usamos o nosso escritório como deve ser, até porque é bem pequenino e também serve para estender a roupa nos dias chuvosos e para pousar a tralha diária... Mas ainda assim não deixo de sonhar que um dia a coisa se há-de fazer e ando tão vidrada nesta ideia, que não páro de imaginar maneiras de o tornar possível. Eu adoro a minha casa, mas sei que qualquer dia se tornará pequena. Um dia que mude terei mil ideias e vontades a concretizar. Até lá continuo a sonhar com espaços ideais para trabalhar e a acrescentar o que posso ao meu (em breve mostro).

Monday, January 7, 2013

Resoluções de ano novo


They're here!
Um pouco antes do Natal, munida de entusiasmo e força de vontade para encher 2013 de criatividade e ideias encomendei estes dois cadernos à Lifestories: "Um dia, uma palavra" e "Um dia, um desenho". Depois da feira do CCB e da loucura que foi para produzir material a tempo fiquei um pouco "ressacada" das costuras (há semanas que não pego em tecidos nem em linhas, a máquina tem estado a apanhar pó) e de qualquer actividade criativa no geral, e essencialmente tento perceber o que quero mesmo fazer. Vender enfeites de Natal foi giro, mas não creio que seja isso que me move realmente. Gosto de sentir que domino algumas actividades manuais, mas será que quero que isso seja parte dominante da minha vida? Ando com uma vontade doentia de me dedicar a pequenos projectos de decoração lá para casa, e tenho uns em calha, mas o tempo tem escasseado.
Prometo update sobre este assunto assim que possível. E no meio disto tudo, a ilustração insinua-se como aquele sonho distante que me acompanha desde que me lembro e espera a sua vez e acredito que em 2013 vou finalmente arregaçar as mangas e testar, experimentar, levar-me mais longe, superar-me. E decidi que, depois da exaustão dos dias finais de 2012 e o regresso lento à rotina de 2013, teria de criar o hábito diário. E haverá coisinha mais fofa e que dê mais gozo do que dois cadernos inteirinhos à espera dos meus desenhos, rabiscos, palavras...? Vieram um pouco tarde mas muito a tempo. Já preenchi todas as palavras em atraso, e os desenhos ainda estou a saborear...Vou passar a andar com canetas de feltro e mais material de desenho, e estes cadernos vão fazer parte da minha rotina, agora que ando de mochila há espaço para tudo (sim, é esta e é linda de morrer, foi prenda fantástica do Pai Natal que qualquer dia está suja até mais não, mas tem sido o meu detalhe mais off no dress code que tenho de cumprir - não há regras quanto a mochilas, por isso estamos bem)! Este ano tenho muito por onde rabiscar, brincar e extravasar. E é tão bom.

Tuesday, January 1, 2013

Novo ano

Em 2012 este blog foi crescendo timidamente. Entre experiências de costura, algumas pinturas, desenhos e prosa perdida, desafios e fotografia e muita inspiração, a vontade de ir mais longe adensou-se e mais que nunca acredito que 2013 vá trazer inovações e criatividade. Desejo-vos um ano muito feliz e cheio de concretizações. Esta box pretende crescer e fortalecer-se com muita criatividade, inspiração e vontade de realizar sonhos.