Thursday, December 12, 2013

O meu avô e eu (parte 4) // My grandfather and I (part 4)


Falando em brincadeiras... Esta era a mais comum, e eu caía sempre. O meu avô pedia-me um beijinho, lá de dentro, e eu dava com ele na casa de banho coberto de espuma da barba. 

Speaking of funny games... I always fell for this one. I heard my grandfather's voice asking for a kiss from the inside, and I found him in the bathroom with the face covered in shaving foam.


Mas depois da piada às minhas custas, eu continuava disposta a cumprir a minha parte.

But after the prank, I was still willing to keep my part.

12 comments:

Cate said...

oh :)

Analog Girl said...

Esta é a minha recordação mais querida dele. Não perguntes porquê, aconteceu tantas vezes e era tão banal... talvez por isso mesmo seja tão especial, porque era banal, e agora já não é nada senão uma recordação.

amora said...

gosto tanto disto! apetece-me sempre dizer qq coisa :) tão lindo...

Analog Girl said...

Obrigada amora. Eu estou tão feliz e deliciada pelo carinho que recebo nos comentários, nem tenho palavras! :)

Anna Marian said...

Oh tão querida :) são sem dúvida momentos de grande ternura. Gosto muito Ana :) Beijinho x

A Paraíso said...

Estou encantada a ver as ilustrações sobre o teu avô (ou sobre a vossa relação).. Lindas!!!

Quotidianos de seda said...

Olha...não queres fazer uma exposição com estes trabalhos ? Estou a falar a sério. Não sei o tamanho do original mas se for A4 entre 15 a 20...Sei que é uma coisa muito pessoal, muito intíma...mas é uma homenagem tão linda e ao mesmo tempo é a tua arte que merece ser exposta.

Se quiseres ...em Cascais...podemos conversar melhor.

Beijinho

Lazy Cat said...

Concordo ali com a ideia da exposição. E depois disso um pequeno livro ilustrado para os miúdos aprenderem a apreciar os avós desde pequenos. I can see it. I can totally see it!

A Paraíso said...

Apoio as sugestões da exposição e do livro! Numa época em que o apreço e respeito pelos mais velhos parece cada vez mais diminuto, é muito válido mostrar a importância do seu papel, único e insubstituivel! E o carinho que transmites nestas ilustrações é, literalmente, uma ilustração disso mesmo!

Analog Girl said...

Quotidianos, Lazy, A paraíso, vocês enchem-me a cabeça de ideias novas. Embarcava já nestes projectos. Muito obrigada pelo apoio e pelas sugestões, vamos a isso! :)

(Quotidianos, vamos falar melhor menina!)

Quotidianos de seda said...

É já amanhã, ehehehe.
Beijo ;)

triss said...

Os teus desenhos são uma ternura:-)