Wednesday, June 5, 2013

Entusiasmo // Enthusiasm

Nothing is so contagious as enthusiasm.”– Samuel Taylor Coleridge


"The Declaration of You will be published by North Light Craft Books this summer, with readers getting all the permission they've craved to step passionately into their lives, discover how they and their gifts are unique and uncover what they are meant to do! This post is part of The Declaration of You's BlogLovin' Tour, which I'm thrilled to participate in alongside over 100 other creative bloggers. Learn more -- and join us! -- by clicking here."
 
Hoje dedico umas linhas sobre o Entusiasmo, no âmbito do lançamento do livro The declaration of you, que me parece muito bem (e o meu vício das compras online começa a dar sinal). Haverá tema mais simples? Está em todo o lado, quase todos os dias é inevitável sentir uma pontinha de entusiasmo.

Na verdade, acredito que todos os dias somos tocados pelo entusiasmo, se está um dia bonito, ou se comemos uma sobremesa, ou vamos experimentar uma aula nova no ginásio, ou está para chegar uma encomenda pela net, ou uma amiga está a dar à luz... tudo isso e muito mais é alvo de um sentimento incontrolável de euforia, do nervoso miudinho, de uma vontade de mover montanhas e os céus e viver em pleno esse pequeno acontecimento.
Quando era miúda, as vésperas de ir para a escola eram recheadas de uma ansiedade e um entusiasmo incomparável e tinha quase sempre a ver com poder estrear livros e cadernos (sempre fui uma perdida por material de escritório) e poder começar cada ano com a folha limpa, poder corrigir erros antigos, a oportunidade nas minhas mãos de fazer mais e melhor. Claro que passado uma semana já eu estava farta da rotina, dos trabalhos de casa, já tinha rasgado páginas dos cadernos, riscado linhas de apontamentos e rabiscado desenhos nos livros. E quanto aos amigos nem sempre era melhor. Havia entusiasmo em rever os colegas de escola, mas ao fim de algum tempo as saudades já tinham sido suprimidas e já andávamos aos encontrões e haviam zangas por tudo e por nada.
Comecei a encarar o entusiasmo como algo passageiro. Um sentimento bom e motivador, sem dúvida, mas sempre curto e motivado por expectativas muito pouco realistas. Nós continuamos a ser nós, com os erros, vícios, desculpas e tudo o mais. Talvez por isso é que tanta gente se rebela contra as listas de afazeres e resoluções de ano Novo. O entusiasmo esfria e morre e só renasce dai a um ano, ou na melhor das hipóteses, em Setembro.

Mas ando a perceber que o entusiasmo pode ser duradouro, se conseguirmos aprender a mantê-lo, e eu estou a aprender. E o mais curioso, a aprender comigo mesma, com aquilo que me lembro de ser em criança. Precisamente uma época em que o entusiasmo me impelia a fazer coisas. Eu nunca fui sociável mas sempre tive um sorriso para dar no início de cada ano lectivo, não era a pessoa mais atenta nas aulas mas conseguia tirar notas bastante satisfatórias (e com pouco esforço, confesso, podia ter sido uma estudante mais aplicada). Eu continuo a ser um péssimo exemplo em imensas coisas. Mas percebi há muito pouco tempo que o entusiasmo continua a mover-me, especialmente nas pequenas coisas que sempre gostei. Hoje ando às voltas com a ilustração e um desejo doido de poder levar este desejo que se transforma numa quase-compulsão, até mais longe. 
O melhor exemplo que posso dar é este blog. Quando o comecei, que era apenas um escape criativo ocasional onde ia colocando vários pequenos projectos, e agora vejo-o a crescer, a ganhar outra dimensão, o do entusiasmo redobrado de dar continuidade aos projectos, de pensar nele todos os dias, mesmo quando não escrevo, não para receber comentários e elogios, mas para partilhar ideias, receber feedback, melhorar e arriscar mais. E vai-se renovando, contagiando os outros, reflectindo novamente para mim, o entusiasmo tem essa capacidade. E devemos prestar-lhe mais atenção, porque creio que estará sempre ligado ao nosso íntimo, ao nosso instinto e aos nossos desejos mais profundos. Andei dias entusiasmada para escrever este post, e adorei este tema, nunca pensei que me fosse tocar tão profundamente e fazer-me pensar tanto no tema.

E agora 3 coisas que me entusiasmam e passo o desafio de deixarem nos comments, três coisas vossas também:
- Livros, especialmente quando os encomendo online e estou prestes arecebê-los a meio de um dia de trabalho (é o paraíso)
- Um caderno vazio, mesmo que depois esteja demasiado riscado, adoro material de escritório
- A estreia do "Before Midnight", que é já amanhã! :)

Tenho de agradecer à Jessica Swift e à Michelle Ward por terem tido esta ideia maravilhosa que une ainda mais esta comunidade criativa online e nos dá este tempo de antena para nos expressarmos.



(Os livros que tenho para ler... entusiasmo! The books I will read soon..Enthusiasm!)


Today I dedicate some words about enthusiasm, as a part os The Daclaration of You book tour, which seems really good (my online compulsive buyer spidey sense is tingling). Is there a simpler theme? It's everywhere, almost every day, you can find the tiniest little bit of enthusiasm.

Actually, I believe that we're touched by enthusiasm on a daily basis, if it's a beautiful day, if we're having dessert, if we're trying a new class on the gym, if an online delivery is about to arrive, or if a friend is giving birth... All that and much more is reason enough to feel an uncontrolable feeling of euphoria, nerves, a huge will to move earth and skies and live the moment fully. 
When i was a little girl, the beginning of each school year I would feel anxiety  and incomparable enthusiasm, which came from my new books and notebooks ( I always loved office supplies) and the power to start fresh with a clean slate, correct old mistakes, the opportunity to do more and better.
It's obvious that a week passed and I was fed up with the routine, ripped notebook pages apart, had scratched part of my handwritten notes and doodled all over my text books. As for friends, it wasn't any better. I was enthusiastic about seeing them again, but after a while we weren't missing each other anymore and begun fighting about nothing.
Back then, Enthusiasm was something transitional. Good and motivating, no doubt, but short and filled with unrealistic expectations. We're still us, with the same mistakes, vices, excuses, etc.. Maybe that is why so many people refuse making new year's resolutions. Enthusiasm dies and at the best, it revives in September.
But I'm understanding that Enthusiasm can be lasting, if we can learn to keep it, and I'm learning. The funny thing, I'm learning from myself in my childhood, when it was easier to follow the instincts and begun doing things jus because. I was never a sociable child, but I always had a smile ready every school year, I wasn't the most attentive student in class but had satisfactory notes (and with little effort, I confess, could Have been a much better student). I'm still a bad example in numerous things. But have realized that Enthusiasm is there, motivating me, specially on those little things I always cared for. Today I'm exploring illustration and this crazy desire to take this almost-compulsive need further away.

The best example is my blog. When I started it, it was a simple and occasional creative space where I would put small projects, and now it is growing, developing, and my enthusiasm multiplies, I plan giving continuity to every single project, I think about it everyday, even when I don't write, not to get comments and compliments, but to share ideas, get feedback, get better, risk more. 
And it renews itself, spreading to other people, reflecting back at me, that's how big enthusiasm can be. And we should pay attention, I believe enthusiasm is connected to ourselves, our instinct, our deepest desires. I've been thrilled to write this post, and absolutely loved this theme, never thought it would touch me so deeply.

Now, 3 things that excite me and I leave the challenge for you to leave 3 things that excite you too in the comments:
- Books, specially when I order them online and I'm about to receive them in the middle of a workday (is heaven)
- An empty notebook, even when it gets too sketched (love office supplies)
- "Before Midnight" premiere, which is tomorrow! :) 


Many thanks to Jessica Swift and Michelle Ward for having this amazing idea that is uniting creative minds more than ever, giving us a unique opportunity to express ourselves in this large community.

10 comments:

Milk Woman said...

Sim, concordo plenamente. Já me entusiasmei mais, talvez por não ter uma cabeça tão crescida que me pregue partidas e me vá apagando o entusiasmo com dúvidas e receios por causa do entusiasmo.
Coisas que me entusiasmam?
1. Tal como tu,encomendas de livros a chegar (sobre as compras online prefiro não me pronunciar :D)
2. Material novo para trabalhar, mesmo que não tenha coragem para os usar: tecidos, linhas, cadernos, agendas
3. A chegada das 5 da tarde, por ser a hora de saída do escritório.

Analog Girl said...

Ainda havemos de fazer um grupo para compradoras online compulsivas, Milk woman !:)
Os teus 3 pontos são mesmo fulcrais (a hora de sair do escritório...nem me lembrei disso!)

carla said...

3 coisas que me entusiasmem?

1- O sol logo pela manhã;
2- As gargalhadas espontâneas das crianças;
3- A primeira página de um livro que ande há muito tempo para ler.

Muitas coisas mais, mas estas foram logo as que surgiram, entusiasmada por este post. Aliás, por este blog, que é uma fonte de entusiasmo :)

Um dia entusiasmante, Analog Girl ;)

Analog Girl said...

Adoro as 3 coisas que te entusiasmam! Muito obrigada :)
Um dia entusiasmante para ti também! :)
Beijinho

gail said...

Beautiful. I love this post. I'm also participating in the book tour. Such a great way to build community. Oh, also, I love love love the Before Sunset/rise/ Mignight series of films. Some of my favorite!

Sheila said...

My three things: watercolor, a clean white sheet of paper, The smell of a real book in my hands. Thank you for sharing this post with us!

Analog Girl said...

Thank you so much Gail! This has been a great experience! I'm getting so much inspiration from everybody. :)

Analog Girl said...

And yes, the before sunrise/sunset/midnight are probably the most exciting movies of all time! Can't get enough! :)

Analog Girl said...

I absolutely love your 3 things that thrill me too! Thank you for commenting and sharing them with me! :)

Kerryn Hewson said...

I totally agree that there are all sorts of things every day to be enthusiastic about.

I love the possibility in a new notebook, Dirty Dancing which I saw at the theatre for the first time last night, and a great show tunes bar Oscars.