Wednesday, January 23, 2013

Mudar de vida

Ando há muito tempo a querer mudar de vida. Sair do convencional, procurar o meu caminho, os meus objectivos. Até pode passar por ter um emprego convencional numa área que não é a minha (às vezes gostava de ter uma experiência dessas... quem sabe) e conjugar as minhas actividades extra, ou por conseguir criar o meu próprio emprego, deixando ou não o design completamente de parte. Ainda não sei. Sei é que quero começar a movimentar-me nesse sentido. Hoje li um post da Alisa Burke particularmente tocante sobre este assunto. Quero partilhá-lo, pois acredito que seja um bom motivador a todas as almas criativas que querem mudar. Algo pequeno que seja. Enjoy!

6 comments:

Lazy Cat said...

A grande Alisa, sempre aqui para nos inspirar =)

art.soul said...

Adoro a Alisa e o blogue dela é um exemplo, a todos os níveis, principalmente quando tanto se fala em publicidade e perda de autenticidade. Ela é um exemplo de como um blogue pode ter sucesso quando respira, por todos os poros, a personalidade de quem o escreve.
Um exemplo, sem dúvida... e a filhota dela derrete qualquer um :)

Analog Girl said...

Fico tão contente por ta ter mostrado, fizeste coisas tão giras com a inspiração dela! :)
É a maior. Adoro esta rubrica do blog dela, e o de hoje tocou-me particularmente, visto que ela focou tanto aquela situação de não gostar do emprego. Tinha um ponto a favor, ela sabia melhor do que eu o que queria, mas também diz algo muito certo: nada como fazer algo, pequeno que seja. Fazer, e ir avançando... :)

Analog Girl said...

Art., tenho de te agradecer, se não fosses tu se calhar nunca dava com o blog dela. E quanto a isto da publicidade e de vender o trabalho, não há dúvidas que ela fá-lo com mais humildade e confiança que muita gente por aí. Ela é mesmo genuína, uma artista. Nesse aspecto é mesmo a melhor inspiração, uma pessoa quer manter-se fiel aos seus princípios... :)
E a miúda é mesmo um amor, adoro os posts em que ela enumera o crescimento da Lucy. Tudo no blog dela soa a honestidade. E ela diz que tem dificuldade em ser completamente aberta em relação a sentimentos... acho que nem precisa de acrescentar mais nada.

Lazy Cat said...

Fiz e continuo a fazer. Abracei com mais confiança o improviso do momento, de não me preocupar tanto em fazer perfeitinho e preocupar-me mais em fazer e pronto.
Tenho de tirar umas fotos aos novos pauzinhos que decorei. Estão semelhantes, mas muito mais giros que os primeiros.
Ai ai, é incrível como consigo ser tão preguiçosa para tirar fotos decentes às coisas! Como se costuma dizer, em casa de ferreiro, espeto de pau...

Analog Girl said...

Faxavor de vencer a preguiça e tirar fotos às novas experiências! :)