Thursday, July 23, 2015

Stop, Breathe and Think

Os dias andam difíceis. Parece que a vida faz de propósito, e quando estamos prestes a abrandar o ritmo, ela põe-nos à prova. Tenho tido a semana mais surreal dos últimos tempos e ando a condensar uma quantidade insana de trabalho nestes dias para conseguir ir de férias na próxima semana sem complicações ou coisas penduradas. O meu cérebro está prestes a implodir, mas vou fazendo o meu melhor para aguentar e repito baixinho para mim mesma "já só faltam 2 dias". Já nem suspiro por sexta feira porque não sei se não terei de trabalhar no fim-de-semana, mas tento levar um dia de cada vez e manter a sanidade mental a cada minuto que passa.

Não há dúvida que o que me tem ajudado tem sido a meditação, aqueles momentos, ainda que escassos e curtos, em que me deixo guiar por uma voz tranquila (sim, ando numa de meditação guiada, sozinha ainda está complicado) e deixo a mente perder-se suavemente em pequenos nadas que me recarregam as energias.

Há tempos, já não sei como, tropecei nesta app, e mal a comecei a experimentar, fiquei agarrada. Tem um funcionamento muito simples, o que ajuda nestas coisas. Dêm uma espreitadela...


No ecrã principal temos todas as opções que a app nos proporciona, a primeira, fazermos uma avaliação de como nos sentimos, seguido de dicas para aprender a meditar, uma lista de meditações gravadas, e por fim, o nosso progresso pessoal.





Pessoalmente adoro fazer o "check-in", mesmo que não vá meditar a seguir. A app dá-nos 10 segundos para fecharmos os olhos e pensarmos em como nos sentimos. Depois de dizermos como nos sentimos mental e fisicamente, temos uma lista de sentimentos, dos quais escolhemos cinco. Com base nessas escolhas, a app cria uma lista das meditações mais adequadas.

E depois é só escolher uma ou mais e deixar-nos levar. Temos uma voz de uma rapariga algo monocórdica mas que nos leva rapidamente a um estado de relaxamento e sossego, ajuda-nos a criar imagens mentais e vivermos no momento, naquele momento específico.



Podemos sempre consultar o nosso progresso pessoal, inclusive ganhamos stickers das pequenas conquistas que vamos fazendo: a primeira meditação, meditar antes das 8h da manhã, depois das 21h, duas meditações de seguida, meditar vários dias de seguida, enfim, um largo número de opções para nos manter motivados. Eu confesso que o meu ritmo é de duas ou três vezes por semana, por isso não tenho uma colecção de cromos lá muito grande, mas só o facto de ter a app a ajudar-me a manter um ritmo já é qualquer coisa. E a verdade é que vai fazendo a diferença no meu dia-a-dia.

E vocês, usam ou conhecem mais apps do género? Melhores que esta? Alguma recomendação?

8 comments:

art.soul said...

Ena pá, não estava a contar com esta... uma app para meditar.

Sabes, tenho uma amiga (que faz yoga e meditação e outras coisas assim) que um dia me disse que meditar pode ser enquanto se estende a roupa. Achei piada e percebi o que ela queria dizer. Tentar simplificar, em momentos do nosso dia, no duche, a cozinhar, ou um pouquinho ao acordar ou adormecer... e não forçar um momento, porque isso contraria o objetivo e a vantagem da meditação.

Experimenta.
Eu com a app acho que não conseguia... essas vozes calmas e "absorventes" causam-me duas coisas: Medo ou ataques de riso...

Desculpa não ter ajudado mais :P

Lazy Cat said...

Pra mim só resulta uma destas: https://www.youtube.com/watch?v=92i5m3tV5XY

lol

Coisas relaxantes têm uma certa tendência a surtir o efeito contrário em mim - irritam-me. =P

Mas olha, uma coisa que gosto imenso é de "noise generators", especialmente com sons de chuva e assim.
Este é bem bacano http://mynoise.net/noiseMachines.php

Analog Girl said...

Hey, já me deste aí umas dicas valiosas

Pessoalmente gosto do ritual de "arranjar tempo e espaço" para a meditação, mas também já me apercebi que quando me dedico inteiramente uma tarefa (e estender a roupae pode bem ser aquela tarefa que exige concentração no momento), consigo entrar num estado quase meditativo e relaxante.
Hei-de estar mais atenta e "praticar" mais esse tipo de meditação.

A voz monocórdica não é assim tão má, às vezes causa sono, mas tem uma boa dicção e não assusta. O que gosto particularmente é de visualizar, e as meditações desta app são muito interessantes nesse sentido. Por vezes sinto-me mesmo a viajar e é muito giro.

Analog Girl said...

Lazy, eu acho que os noise generators são mesmo aquilo que me dá nervos. As ondas da praia ao fim de algum tempo vão-me dar vontade de ir à casa de banho, é certinho.
Acho que depende do estado de espírito, mas tenho MESMO de experimentar essa meditação. :P

Guilhim said...

E não é que era mesmo disto que eu estava a precisar?! Verdadeiro serviço público!! Muito obrigada!! Em vez de comer pão com manteiga (?!) fazer umas sessões disto dá melhor resultado!

(Fora de brincadeiras... salvaste-me de um dia terrível! Obrigada!)

Analog Girl said...

Guilhim, eu estou convicta que pão com manteiga é uma solução universal para quase tudo. Mas ainda bem que te foi útil. Eu não passo sem ela agora... :)

Catarina Sousa said...

Tenho um soft-spot por apps destas, mas acho que meditar não é muito a minha praia.
Em boa verdade nunca tentei a sério, não consigo concentrar-me e tento sempre a cabeça a mil, mas talvez um dia experimente. Quem sabe se depois de experimentar não passo sem a meditação. ;)

Joan of July

Ana Burmester Baptista said...

Eu uso esta App e adoro!!! É tal como tu dizes, sozinha é complicado mas em pequenas coisas do dia a dia já dou por mim a entrar em transe! É óptima!!