Tuesday, September 27, 2011

A rapariga dos rabiscos





Gosto de fazer esboços. Quase nunca chego a um produto final, porque o que eu gosto, o que eu quero é colocar a ideia no papel o mais rápido possível. Claro que há trabalhos que têm de ser elaborados e pensados (aliás, é um dos motivos porque este blog anda tão apagadito, não tenho tido tempo para me dedicar a este projecto como gostaria), mas, como já tenho apregoado, não sou moça de primar pela paciência e então, quando não há tempo, mas há vontade, rabisco até me cansar.
As imagens que vos deixo têm algum tempo. As duas primeiras desenhei-as o ano passado (ou foi há dois anos?), a caminho de Odeceixe e da minha terrinha amada, no fim-de-semana do Festival Sudoeste. O rapaz com o cão foi uma imagem que me ficou enquanto nos aproximávamos da Zambujeira. Este rapaz ia calmamente pela estrada nacional sem se preocupar com a falta de iluminação, nem com a distância a que ainda estava do Festival. Impressionou-me e assim que pude registei-a como me lembrava. A segunda é um travão de uma pequena comporta do canal (o famoso), que passa pela terrinha também.
Os últimos três vieram de uma loucura que se me passou depois de rever o Batman II, by Tim Burton, claro, e de como adoro a grotesca personagem do Pinguim. Gosto que este aspecto rabiscado se assemelhe, por pouco que seja, ao estilo do Tim (já alguma vez disse que o adoro?).

1 comment:

art.soul said...

eu tb adoro os filmes do Batman, tenho como preferido o primeiro, mas este tb adoro. tal como tu, gosto muito, muito, muuuuuuuuuito do Tim Burton.

continua com os esboços, às vezes o que apetece é só mesmo rabiscar, sem planos, sem pensar em produto final. só porque sim.