Wednesday, August 10, 2011

Aquecendo...




Ainda não tinha dito, mas ando maravilhada com o poder da aguarela. Só comecei há muito pouco tempo, e disso são prova os borrões ocasionais que o excesso de água provoca. Ainda sem noção do completo potencial desta técnica, ando a delirar, e TUDO tem de ser feito com aguarela. 
O primeiro desenho/pintura foi declaradamente inspirado neste livro acima, que comprei na feira do livro deste ano e que ainda há-de ajudar-me a dominar a aguarela. O segundo começou com um conceito de uma pacífica floresta invernosa, mas transformou-se nesta coisa de aspecto Burtoniano (e eu ralada!). 
A última árvore pintei-a como complemento do esboço feito há um ano, numa viagem para os lados de Aljezur, em que me saltou à vista, isolada na planície e com uma copa gigatesca. Desenhei-a em traços rápidos com o carro em andamento, e ainda prefiro o esboço rápido à versão pintada. Esse costuma ser o meu estilo. Mas agora a palavra de ordem é: experimentar. 

5 comments:

Marianne said...

Tão bonito, J.! Tanto talento, miúda!!

Parabéns!

Analog Girl said...

Oh, obrigada... ainda me sinto a anos-luz do que quero fazer, mas estou entusiasmada. :)

Lazy Cat said...

Gosto da floresta =)
AS aguarelas são fabulosas, mas dominá-las não é fácil.
Quero ver o teu progresso!

Analog Girl said...

Aquele primeiro desenho está todo ele aguado demais, mal pintado, mal definido, mas uma coisa que a aguarela tem de bom é que nunca fica com mau aspecto ainda assim... :)

Vamos a ver como vai correr o resto daqui para a frente. Já vou notando alguns progressos, mas muito devagarinho, agora se insistir mais acho que a coisa vai ter mais espaço para se desenvolver.

Anonymous said...

Adoro desenhos com aguarela, ficam sempre com um toque, tipo...vaporoso!E quem tem imaginação EXTRA, ainda consegue ver outros desenhos dentro do desenho em estilo, ilusão de óptica!! Adorei suas gravuras ; ) Beijinhos, Zenm